Hífen em inglês: regras e quando usar

hifen em inglês

Hífen em inglês: regras e quando usar

Tiempo de lectura: 3 minutos

Será que a regra do hífen em inglês é tão complicada quanto em português? Na nossa língua materna as várias regras ao redor do hífen são das que mais nos dão dor de cabeça, mas será que no inglês as coisas ficam mais simples? Spoiler: sim!

Bora aprender a usar o hífen em inglês?

Quais os usos do hífen em inglês?

O hífen em inglês é usado para unir palavras ou parte de palavras. Geralmente é encontrado:

  • Em palavras compostas (ex: merry-go-round; ice-skate; chat-room)
  • Unindo prefixos a outras palavras (ex: self-serve; ex-president)
  • Em divisões de palavras

Hora de aprender as regrinhas abaixo e colocá-las em prática para tornar-se um expert na hora de escrever palavras com hífen em inglês.

O hífen em palavras com prefixos

→ 1. Use sempre o hífen em palavras com os prefixos ex-self-all-.

Ex.:  ex-girlfriend; self-evident; all-inclusive.

O hífen nos adjetivos compostos

→ 2. Em geral, usa-se o hífen em inglês para unir duas ou mais palavras, quando vêm antes de um substantivo e modificam e atuam como uma ideia única. Chamamos isto de “compound adjective” (adjetivo composto).

Ex.: State-of-the-art facilities; all-too-common mistake; English-speaking teacher

O hífen em períodos temporais

→ 3. Quando falamos em anos, meses ou qualquer outro período de tempo, usamos o hífen, a não ser que este período de tempo esteja no plural:

Ex.: Com hífen:  We have a six-year-old child/We have a six-year-old.

Sem hífen: The child is two years old.

O hífen resolvendo problemas

→ 4. O hífen também é usado em inglês quando é preciso esclarecer algo. Nunca tenha dúvida em colocar o hífen se ele soluciona um potencial problema de interpretação ou compreensão.

Ex.: Com hífen: I have a few more-important things to do.

Confuso: I have a few more important things to do.  Sem o hífen não dá para saber se a oração se refere a “a few things”, que são mais importantes, ou a “a few more things”, que têm igual importância entre si.

O hífen também é necessário para distinguir palavras que, sem ele, podem ter outro significado.

Ex.:  re-sign / resign; re-creation / recreation.

DON’T: prefixos que não pedem o hífen o inglês

Com algumas exceção, não use hífen com palavras que tenham os prefixos non, un, in, dis, co, anti, hyper, pre, re, post, out, bi, counter, de, semi, mis, mega, micro, inter, overunder (entre outros).

Ex:  nonemergency, disorder, coworker, copayment, antismoking, hyperactive, hyperrealism, prejudge, resubmit, posttraumatic, outpatient, bimonthly, counterculture, decompress, semifinal, misprint, megabyte, override, underestimated.

Outras dicas:

Não use hífen a não ser que tenha um motivo. Se um adjetivo composto não corre o risco de ser mal interpretado ou seu significado está claro, não é necessário usá-lo. Ex.: health care reform; freshen up.

Quando escritos, os números e frações sempre levam hífen. Ex.: twenty-two, fifty-one, one-fifth, three-quarters.

Glossário do hífen em inglês

Inglês Português
camera-ready Pronto para a câmera
ex-mayor ex-prefeito
fair-skinned de pele clara
family-owned de propriedade familiar
fine-tune afinar
first-class de primeira classe
friendly-looking de aspecto amigável
good-hearted de bom coração
late-night de madrugada
low-budget de baixo orçamento
mother-in-law sogra
self-assured Seguro de si
top-notch de primeira categoria
well-being Bem-estar
X-ray Raio X

Curtiu aprender um pouco mais sobre o uso do hífen em inglês? Então que tal continuar os estudos e conferir nosso artigo com tudo que você precisa saber para arrasar nas contrações em inglês?